domingo, 14 de agosto de 2016

Quem elege quem?

Cada vez que termina uma eleição sempre ouço de várias pessoas as seguintes perguntas: Por que elegem quase sempre os mesmos candidatos? Como elegem um congresso tão atrasado (às vezes usam o termo “conservador”) que não nos representa?

Para entendermos por que isso ocorre, é preciso analisar por que as pessoas deixam de votar em algum candidato e por que as pessoas, que votam sempre, costumam escolher candidatos já conhecidos ou ligados a esses candidatos conhecidos.

As pessoas que normalmente deixam de votar em algum candidato sempre alegam que não existem candidatos a altura do voto e depois das eleições reclamam que o congresso ficou pior. Não deveriam reclamar, já que deixou
que outros escolhessem os candidatos piores! As pessoas deixam de votar por acharem que todos são corruptos, falta ética, não fazem nada, etc. Se os que têm consciência da importância do voto para Justiça social, defesa das Leis Trabalhistas e melhor qualidade de vida para todos e deixam de votar, certamente irão ser eleitos os que forem escolhidos pelos que tem algum tipo de curral eleitoral.

Os eleitores que nunca deixam de votar podem ser classificados, em sua grande maioria, em cinco grupos, com os seguintes tipos de votos: voto de cabestro; voto religioso (no irmão da igreja que faz parte); voto no patrão (pensam que estão conservando o emprego), voto em celebridades (jogadores, atores e atrizes com fama na TV são os principais) e os que vendem o voto. Esses grupos geralmente não sofrem críticas da mídia e na maioria dos casos, os líderes, são alinhados com a grande imprensa. Os que fazem parte destes grupos são os que sempre irão eleger e reeleger os mesmo candidatos ou eleger os familiares destes candidatos. Haja vista, que tem candidato ou família de candidato com vários mandatos que chegam a ultrapassar gerações!


Voto de Cabresto


Esse tipo de voto é muito comum nas pequenas cidades e também ocorrem na periferia das grandes cidades. Ocorra o que ocorrer o eleitor do voto de cabresto sempre vota no candidato que ele diz ser dele! Nas chamadas cidades do interior não podemos sequer dizer que existem partidos políticos. As pessoas sempre votam nos candidatos de um lado ou de outro e pouco importa quem esteja sendo candidato de um lado ou de outro por que eles sempre votam no candidato deles e pouco importa se honesto perante a justiça ou não. Alegam que não vão deixar de votar em um candidato amigo que pode sempre pedir alguma coisa quando precisar!




Se tornou comum religiosos saírem candidatos e terem preferência de uma grande parte dos irmão de igreja. Esses tem sempre o voto garantido e pode ter acusação de envolvimento em corrupção, crimes de agressão ou não que geralmente os irmão votam alegando que Deus é quem deve julgar, mas nunca vão deixar de ajudar um irmão!!! Estranhamente, costumam julgarem e condenarem os que não fazem parte da mesma religião!


Voto em celebridades


Esse tipo de voto é mais comum nos grandes centros urbanos. Cada dia mais se torna comum as pessoas votarem no jogador do time preferido, no ator da novela preferida, o cantor preferido, no apresentador de porgramas televisivos, etc. O maior exemplo atual é o Senador Romário que foi jogador da Seleção Brasileira e de vários grande times de futebol brasileiro.


Voto no Patrão


Uma grande parte do eleitorado votam no candidato patrão (quando candidato) ou no candidato que o patrão indica. Alegam que não podem arriscar perder o emprego e pouco se importam com as qualidades do candidato em que estão votando. Depois reclamam quando esses candidatos começam a retirar direitos trabalhistas!


Os votos vendidos


Embora não se podem considerar as pessoas que vendem o voto como pertencentes a algum curral eleitoral, eles fazem parte de um grupo muito grande de eleitores que tem grande influência na composição dos quadros dos políticos eleitos. Embora se coloque como sendo uma prática em cidades do interior, é muito comum nas periferias das grandes cidades. Os que vendem o voto alegam que o voto nunca muda nada e vendendo pelo menos ganham algum dinheirinho. São os que mais reclamam que tudo tá ruim e que nada muda!


Deixar de votar é deixar que os outros escolham


Quando parte do eleitorado deixa de votar por qualquer motivo (justo ou não), certamente os cinco grupos citados acima serão os responsáveis na escolha dos ocupantes de cargos e também os responsáveis diretos no tipo e qualidade dos escolhidos. Indiretamente, podemos dizer que os que deixaram de votar, escolheram indiretamente por omissão.

Os grupos políticos ou partidos que sempre aparecem recendo críticas e denuncias, dos grandes meios de comunicação, são sempre os que têm eleitores não alinhados com esses grupos e são justamente esses que anulam o voto! É a melhor maneira de influenciar nos resultados das eleições é fazendo com que o adversário político tenha os votos anulados enquanto os grupos citados (geralmente alinhados aos patrões e meios de comunicação) sempre votam e acabam escolhendo a formação do nosso congresso que mais parecem serem representantes dos grandes empresários (patrões) e dos grandes meios de comunicação.

4 comentários:

  1. Capciosa leitura aos náufragos que propõem receitas pré-elaboradas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade os moralistas estão se colocando como se fossem elo fora da corrente e depois poderão argumentar que não tem culpa nessa história. Acham que numa sociedade como a nossa é só o avestruz colocar a cabeça no buraco e tudo estará resolvido pra eles.

      Excluir
  2. Muito interessante e mereceria muitos debates principalmente entre aqueles que não concordam com as afirmações do texto. Infelizmente esses, geralmente, preferem o silêncio cúmplice que mantém tudo como está.

    ResponderExcluir
  3. a ideia do texto é provocar discussão, mas a esquerda caviar nunca irá assumir que também contribuiu de alguma maneira para que o golpe fosse imposto pela direita. Tanto é que fazem as mesmas acusações, da mídia hegemônica, contra o Lula e os filhos dele, ou seja, reforçam o ataque dos opositores pelo ódio que esses ditos esquerdistas também tem pelo Lula e pelo PT. Não se dão conta que também irão ser perseguidos como comunistas comedores de criancinhas!!!!

    ResponderExcluir