quarta-feira, 8 de junho de 2011

Os Terremotos e as TVs!!

Por Antônio Carlos Vieira


A televisão vem noticiando a ocorrência de terremotos cada vez mais devastadores. Inclusive, o último terremoto ocorrido no Japão se cogitou que o mesmo provocou um pequeno desvio no eixo da Terra. A pergunta que mais se ouve é: o que poderia está provocando o aumento da quantidade e o poder de devastação destes terremotos? Uma das  explicações é que os problemas decorrentes do desmatamento e mudanças no clima poderia ter influenciado no aumento dos terremotos e foi logo prontamente refugado pelos chamados especialistas apresentados pelas Redes de TVs. Esses especialistas sempre procuram deixar a influência do desmatamento e da poluição em segundo plano (clique aqui). 
Eu sou da opinião que os desmatamentos e a poluição atmosférica estão provocando mudanças no clima da terra (aumento da temperatura) e conseqüentemente influenciando no aumento e surgimento de terremotos onde nunca ocorreram.
A compreensão é muito simples, se realmente está aumentando a temperatura da atmosfera da Terra, consequentemente esse aumento de temperatura irá provocar o derretimento do gelo existentes nas calotas polares e no topo das grandes montanhas. Esse derretimento do gelo já está ocorrendo e já se pode ser comprovado em várias regiões da Terra (clique aqui).


Como se sabe, o gelo polar e das altas montanhas estão ali há milhares de anos e esse gelo é de um peso muito grande, fazia pressão nos polos e sobre as montanhas onde se encontravam. A partir do momento que as temperaturas de Terra começaram a aumentar, esse gelo se transformou em água e se deslocaram para os oceanos. No local onde esse gelo se depositava, a pressão sobre as camadas tectônicas diminuíram e as camadas tectônicas que ficam sob os oceanos passaram a sofrer uma maior pressão do peso da água que vieram dos polos e das altas montanhas e se juntaram a água existente nos oceanos. Com essa mudança de pressão nas diversas Placas Tectônicas, elas tendem a se reacomodar e fazerem pequenos movimentos provocando terremotos.
Se o que resta das Calotas Polares derreterem, certamente iremos ter mais terremotos já que a pressão sobre as camadas tectônicas sob os oceanos irão sofrer maior pressão e as camadas tectônicas dos polos e altas montanhas irão sofrer diminuição da pressão.
Você deve está se perguntado se existe tanta água no mundo a ponto de influenciar na pressão sobre as Placas Tectônicas? Para que você mesmo tire próprias conclusões é só olhar o mapa abaixo onde mostra a extensão do planeta coberta por camadas de gelo (as partes que estão em branco):
Dados de 2005. Hoje a área coberta de gelo já deve ser menor.

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Eu não posso passar uma opinião mais aprofundada porque não sou geólogo!! Mas será que as perfurações para a prospecção de petróleo tem algo a ver? Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  2. As perfurações para retirada de petróleo já se mostraram provocar terremotos localizados mas, nunca em uma escala geológica para atingir toda a Placa Tectônica. Agora, acredito que esse é mais um fator, que somados, acelera mais as acomodações das Placas Tectônicas. É a interferência humana cada vez mais alterando os processos naturais do planeta.

    ResponderExcluir
  3. http://youtu.be/NvSJQQuOtxg

    Meu caro dá uma observada neste link sobre o tema.

    ResponderExcluir
  4. O vídeo indicado é ótimo. Mas, ele apenas derruba a falácia que o CO2 (carbono) é o responsável pelo aquecimento global. Mas deixa claro que o aquecimento existe. O Aquecimento Global e as Era Glaciais é um fato comprovado. Na minha opinião, pela primeira vez a humanidade ganhou força e poder para acelerar o processo mas, eles já existiam e acredito que sempre existirão. OBSERVAÇÃO.: agradeço ao anônimo que indicou o vídeo. É mais uma colaboração para ficarmos mais entendido e não se deixarmos levar pelo discusso da grande imprensa.

    ResponderExcluir