sábado, 2 de junho de 2012

Perillo é a “bola da vez”

No: O Carcará

Por: Eliseu

Marconi Perillo quintuplica patrimônio e omite bens

marconi_perilloEsse é o título da matéria em destaque do insuspeito representante do PIG, o jornal O Globo quando se trata da nojenta direita.

De acordo com o jornal dos Marinho, Marconi Perillo (PSDB) multiplicou por cinco seus bens declarados, e ainda “escondeu” vários outros. Pelo menos cinco imóveis não constam das declarações entregues à Justiça Eleitoral. Um deles, adquirido em 7 de janeiro de 2008, é uma área de mais de um milhão de metros quadrados, que tem entre os compradores Marcelo Henrique Limiro Gonçalves, ex-sócio de Carlinhos Cachoeira na ICF, empresa que faz teste de medicamentos em Anápolis (GO).

O negócio está registrado no cartório de imóveis de Pirenópolis, cidade onde Perillo tem fazenda. A primeira-dama Valéria Jayme Peixoto Perillo juntou-se a um grupo de 12 pessoas e duas construtoras para adquirir um terreno denominado Chácara José Leite. A área, segundo os registros, foi adquirida por R$ 800 mil, pagos em duas parcelas. O nome de Perillo consta na escritura, mas quem assina é sua mulher. Eles detêm 22%, o que daria uma contribuição de R$ 176 mil na ocasião.

Entre os demais sócios no empreendimento estão as empresas R. Diniz Construções e Construtora Central do Brasil. Marcelo Henrique é um grande empresário na cidade, ligado a Carlinhos Cachoeira. Ele também é sócio do senador Demóstenes Torres (sem partido) em uma universidade em Minas Gerais, e foi doador das campanhas do governador e do senador.

Essa cachoeira de podridão não para de se avolumar e parece não ter fim. Pelo contrário, estamos vendo cada vez mais pessoas (bandidos) atoladas nessa lama.

Entre eles estão governadores, principalmente Marconi Perillo, o Ministro do STF Gilmar Mendes, que num ato de extremo desespero acusou Lula de chantageá-lo, o PIG em polvorosa com a Revista Veja e O Globo perseguindo blogueiros, e agora até O Globo que não consegue controlar mais sua metralhadora giratória e já está atingindo aliados, como este caso de “fogo amigo” do governador Perillo.

E por falar em Perillo, não custa lembrar que o mesmo após perder o respeito do povo, força política, também perdeu o juízo ao mandar sua polícia atacar estudantes em Itumbiara, como se estivéssemos vivendo os tempos tenebrosos da ditadura militar.

A matéria completa do O Globo sobre o aumento do patrimônio de Perillo pode ser vista aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário